Domingo, 22 de Janeiro de 2012

CAN 2012 (dia 1) : Balboa resolve e Zâmbia surpreende

Guiné Equatorial 1- 0 Líbia

 


 

Acaba por ser refrescante assistir a um encontro em que o rigor táctico desaparece e em que a anarquia apodera-se das equipas. O jogo de abertura da CAN foi marcado por duas selecções com pouco nível técnico e táctico mas que apresentaram uma enorme intensidade e entrega ao longo dos noventa minutos.

 

A Guiné Equatorial apresentou como arma a velocidade dos seus jogadores, de Balboa e Randy sobretudo, estes dois jogadores tiveram em evidência e a sua maior objectividade fez com que a equipa da casa tivesse mais oportunidades de golo.

 

A Líbia por outro lado optou por um jogo mais pausado e apoiado mas que raramente se revelou perigoso para a baliza adversária.

 

Djamal (Sp. Braga) foi de longe o melhor elemento da equipa, comandando  as operações a meio campo e tentando inclusive o golo com remates de longa distância.

 

O único golo da partida surgiu aos 87 minutos, Balboa isolou-se após um bom passe de Ekedo e em seguida "apenas" teve de desviar a bola do guarda-redes.

 

Um golo que acaba por premiar a maior ousadia dos guineenses.

 

Um momento histórico para este pequeno país, que agora tem uma excelente oportunidade de se qualificar para os quartos de final.

 

Em termos individuais além dos "portugueses" Balboa e Djamal, ambos com boas exibições, destaco o médio esquerdo Randy, o número 8 da Guiné Equatorial.

 

 

Jogador que actua no Las Palmas da 2ª divisão espanhola, um esquerdino que foi uma constante ameaça para a baliza da Líbia, as suas investidas pelo flanco esquerdo foram impressionantes tendo apenas pecado no momento de definição de alguns lances.

 

Senegal 1-2 Zâmbia

 


 

A primeira surpresa desta CAN. A Zâmbia bateu o Senegal por 2-1 muito devido a uns vinte minutos iniciais  em que a estratégia e alguns elementos da defesa do Senegal foram um autêntico desastre.

 

Com três avançados puros no onze inicial (Ba, Niang eSow), o Senegal entrou no jogo com os sectores muitos distantes e com uma defesa alta que foi diversas vezes traída pela velocidade dos avançados da Zâmbia.

 

A Zâmbia aproveitou bem estas fragilidades defensivas e durante a primeira parte além dos dois golos que concretizou dispôs ainda de uma mão cheia de oportunidades.

 

Jogadores como Katongo e Kalaba (autor do 2ºgolo)  foram um verdadeiro pesadelo para o Senegal nos primeiros quarenta cinco minutos.

 

A segunda parte foi diferente, a Zâmbia caiu fisicamente e o Senegal pressionou à procura do golo. N'Doye ainda reduziu a desvantagem mas a equipa senegalesa acabou por perder, apesar de ainda ter criado boas oportunidades para empatar.

 

A segunda parte demonstrou que o Senegal é de facto melhor que a Zâmbia, tem melhores jogadores e mais soluções, no entanto a péssima entrada da equipa em jogo penalizou-a .

 

O Grupo A fica assim bem animado, a derrota do Senegal deixa o desfecho mais imprevisível e a próxima jornada será bem interessante com um Guiné Equatorial - Senegal como cabeça de cartaz.

 

Para finalizar o destaque em termos individuais para a exibição de Rainford Kalaba (Mazembe), jogador que já passou por Portugal (Sp. Braga) e que foi preponderante nesta vitória da Zâmbia. Rápido, boa técnica e movimentos de ruptura bem interessantes, a acompanhar nas próximas partidas.

 

publicado por A.S às 02:10
link do post | comentar | favorito
|

.Votações

Quem irá sagrar-se campeão nacional 2013/2014?
  
pollcode.com free polls 

.arquivos

.tags

. todas as tags

.Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

.posts recentes

. A febre da Copa

. Villas-Boas nos Spurs, o ...

. A jornada dos grandes (16...

. As duas faces dos Citizen...

. Craques em destaque: Heun...

. Análise Mundial 2014: Gru...

. Análise Mundial 2014: Gru...

. Análise Mundial 2014: Gru...

. Análise Mundial 2014: Gru...

. Serie A: Quem desafia a J...

blogs SAPO

.subscrever feeds