Segunda-feira, 2 de Dezembro de 2013

As primeiras notas da época 13/14: Primeira Liga (Parte I)

Completado um terço de Liga, já é possível tirar algumas conclusões quanto ao nível do nosso campeonato e também o estado dos três grandes. Neste momento acaba por ser insólito ver o Sporting líder e o Porto no terceiro lugar, sobretudo depois das prestações de ambas equipas na época transacta.

 

Mas vamos por partes, e analisemos cada equipa em separado.

 

FC Porto

 

Antes de analisar o momento atual dos campeões nacionais, será importante identificar as diferenças deste Porto para a versão 12/13. Em termos concretos saíram Vitor Pereira, Moutinho e James e entrou Paulo Fonseca e jogadores como Licá, Josué, Quintero e Herrera.

 

Ao longo dos últimos tempos o Porto foi capaz de suprir as saídas dos seus principais jogadores, mas sabe-se que não é facil fazê-lo todas as épocas.

 

 

João Moutinho representava de facto a alma do meio campo dos dragões, e até ao momento esse problema não foi resolvido por Paulo Fonseca. A indefinição entre Defour e Herrera mantém-se e é este o problema que tranporta-nos para a "crise" atual.

Nas últimas três jornadas o Porto perdeu sete pontos e uma vantagem de cinco para os rivais, números preocupantes e que a meu ver devem-se a alguns erros de casting feitos não só por Fonseca mas também pelos dirigentes portistas.


A utilização do duplo pivot (Fernando - Herrera/Defour) e a colocação de Lucho numa posição mais adiantada não parece surtir o efeito pretendido, e Paulo Fonseca deve no meu entender prescindir deste seu capricho. Quanto à duvida Herrera/Defour, o belga pelos anos que já tem de futebol português deveria ter mais preponderância. Também o esforço de Lucho deve ser gerido de melhor forma, a idade efetivamente já pesa e o argentino não deve ser considerado como elemento indiscutível.



O outro erro que gostava de salientar, prende-se com a solidão de Jackson Martinez. Ghilas não convence e neste momento Fonseca já utiliza um plano B com Licá em zonas interiores. Os dirigentes portistas neste caso devem atuar no mercado de Janeiro, tal como sucedeu com Janko na época 11/12, a posição de ponta de lança deve ser reforçada com uma mais-valia que neste momento o argelino não é.


Apesar desta crise, o Porto continua a ser o principal candidato ao título, juntamente com o Benfica.

Os reforços têm valor, Quintero deve ser mais utilizado e jogadores como Varela e Licá deverão alternar menos entre o relvado e o banco de suplentes.


As próximas jornadas serão cruciais para revitalizar o dragão, e tudo começa frente o Braga no próximo sábado.

publicado por A.S às 16:16
link do post | comentar | favorito
|

.Votações

Quem irá sagrar-se campeão nacional 2013/2014?
  
pollcode.com free polls 

.arquivos

.tags

. todas as tags

.Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

.posts recentes

. As primeiras notas da épo...

blogs SAPO

.subscrever feeds