Quinta-feira, 8 de Julho de 2010

Mundial 2010 - observando os craques (Dia 27)

Carles Puyol (Espanha)

 

Confesso que não sou grande apreciador das qualidades futebolisticas do capitão do Barcelona porém admiro o seu caracter, a sua coragem e também a sua polivalência.

 

Vejo em Piqué um central brilhante, em Puyol sobretudo uma referência.

 

A garra e o querer demonstrado por Puyol contagia os seus colegas e empurra a equipa para a vitória.

 

Uma vez mais a Espanha supreendeu-nos, dominou e controlou a melhor Alemanha dos ultimos 10 anos e fez sentir durante todo o jogo que o seu golo ia surgir.

 

E surgiu mesmo.

 

Ao minuto 73 o guerreiro Carles Puyol saltou e chegou até ao céu, uma cabeçada imperial que de forma irónica derrubou o sonho dos alemães.

 

Foi feita justiça, quer se goste ou não do estilo espanhol, a Espanha é actualemte a melhor selecção do planeta.

 

Uma geração de ouro que pode confirmar-se como campeã de Europa e do Mundo ou então perder e ser comparada a equipas como a Hungria de 54, a Holanda de 74 e o Brasil de 82.

 

Sinceramente não creio.. Não quero antecipar-me mas já vejo Casillas a segurar o caneco.

 

publicado por A.S às 02:00
link do post | comentar | favorito

.arquivos

.tags

. todas as tags

.Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

.posts recentes

. A febre da Copa

. Villas-Boas nos Spurs, o ...

. A jornada dos grandes (16...

. As duas faces dos Citizen...

. Craques em destaque: Heun...

. Análise Mundial 2014: Gru...

. Análise Mundial 2014: Gru...

. Análise Mundial 2014: Gru...

. Análise Mundial 2014: Gru...

. Serie A: Quem desafia a J...

blogs SAPO

.subscrever feeds