Sábado, 10 de Julho de 2010

Mundial 2010 - Previsão da Final (Dia 29)

Holanda - Espanha

 

Nunca um mês passou tão rápido. É esta a minha sensação quando me deparo com a final do Mundial.

 

Ainda à pouco tempo se discutia as possibilidades de cada nação e hoje já se discute quem será o Bola de Ouro e quais os favoritos para a próxima edição em 2014.

 

Foi de facto um Campeonato do Mundo cheio de emoção e momentos inesquecíveis.

 

Apesar disso são muitos os que afirmam que o futebol praticado não convenceu.

Não é esta a minha visão, acho mesmo que este Mundial foi superior aos dois últimos.

 

Podemos ver que existe um maior equilíbrio, as grandes potências já não assustam e muitas selecções com menor tradição evoluíram.

 

Tivemos como grandes desilusões a Inglaterra, a França e a Itália. Sobretudo os ingleses já que a sua fase qualificação foi brilhante e pareciam ter resolvido o problema de coexistência de Lampard com Gerrard.

 

Por outro lado tivemos as revelações Japão, Coreia do Sul e Eslováquia e também a confirmação de qualidade de selecções como os Estados Unidos, o Gana, o Uruguai, o Paraguai e o Chile.

 

Quanto à final temos a favorita Espanha e um dos outsiders à partida, a Holanda.

 

Ao analisar as prestações das duas selecções, não tenho qualquer reserva em afirmar que a Espanha é muito superior em termos colectivos.

 

Contudo não se pense que esta Espanha é invencível, pois não é, como comprova a derrota no primeiro jogo com a Suiça e a derrota com os Estados Unidos na Taça das Confederções.

 

Porém vencê-la é quase tão difícil como escalar o Evereste. Veja-se que nos últimos 50 jogos, os espanhóis têm apenas estas duas derrotas.

 

Mas eis um dado que equilibra a balança, a ultima derrota holandesa data de 6 de Setembro de 2008. Também os holandeses podem gabar-se da sua invencibilidade.

 

No entanto existe algo que distingue os dois casos.

 

A Espanha disputou a Taça das Confederações, travou amigáveis com Argentina, Inglaterra, França e Itália e além disso teve um grupo de qualificação bem mais complicado que o holandês.

 

Se  tivéssemos  perante um playoff à melhor de 3 ou de 5 diria que a missão holandesa era impossível. Tratando-se de uma final, existe espaço para a vitória holandesa.

Será fundamental que o meio campo laranja controle de forma perfeita as zonas de pressão.

Saber como e quando pressionar o portador da bola é a chave para vencer uma equipa com a espanhola. Depois de ter a bola em sua posse, Sneijder e companhia  podem fazer golo a qualquer momento.

 

Não prevejo um grande jogo, o rigor táctico deverá prevalecer a não ser que surja um golo cedo.

  

Sendo assim aposto na vitória de nuestro hermanos, prometendo que este palpite não tem a influência de um tal de Paul..

 

Previsão: Holanda 38% - Espanha 62%

 

 

publicado por A.S às 02:32
link do post | comentar | favorito

.arquivos

.tags

. todas as tags

.Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

.posts recentes

. A febre da Copa

. Villas-Boas nos Spurs, o ...

. A jornada dos grandes (16...

. As duas faces dos Citizen...

. Craques em destaque: Heun...

. Análise Mundial 2014: Gru...

. Análise Mundial 2014: Gru...

. Análise Mundial 2014: Gru...

. Análise Mundial 2014: Gru...

. Serie A: Quem desafia a J...

blogs SAPO

.subscrever feeds