Domingo, 12 de Fevereiro de 2012

Análise Oitavos final Champions: Zenit - Benfica

 

Os encarnados estão de volta aos oitavos fina da Champions, desde de 2006 que não atingiam esta fase da prova e depois de uma fase de grupos bastante competente é legitimo para o Benfica sonhar com algo mais.

 

O adversário é o Zenit, uma equipa russa bem organizada que já eliminou o Porto mas que a nível individual fica a dever muito às águias.

 

A equipa de Jorge Jesus tem mais qualidade a nível individual e em termos colectivos é mais completa. Aliás, o facto dos russos não jogarem uma partida oficial à dois meses, deverá pesar nas contas finais.

 

O primeiro jogo em São Petersburgo será fundamental para o Zenit, os campeões russos terão a percepção que têm de vencer em casa pois não ir em vantagem para o jogo da Luz complica a sua missão.

 

Luciano Spalletti deverá apostar num 4-3-3, sistema que usou na primeira fase e que privilegia a posse de bola e também uma forte dinâmica dos seus jogadores. A lesão de Danny retira grande capacidade de improvisação do seu ataque mas atenção que existem outros jogadores perigosos como Kerzhakov, Lazovic e Bystrov.

 

No meio campo é Igor Denisov o primeiro organizador de jogo, posicionado à frente da defesa, este internacional russo é o pêndulo da equipa e seria importante anulá-lo. A colocação de Aimar no seu raio de acção deverá dificultar a sua tarefa.

 

 

A nível defensivo o Zenit é uma equipa consistente, com uma boa dupla de centrais,  formada por Lombaerts e Hubocan (não acredito na titularidade de Bruno Alves), dois laterais de qualidade, Anyukov e Criscito, e um guarda redes muito experiente, Malafeev.

 

O Benfica por seu lado deverá voltar ao duplo pivot, com Matic e Witsel (Javi  Garcia está lesionado) e não admiraria se Bruno César fosse titular na primeira mão.

 

Será importante marcar em São Petersburgo, Jorge Jesus saberá disso e acredito que tal vá mesmo acontecer. A força atacante das águias é impresionante, e homens como Rodrigo, Nolito e Cardozo serão ameaças constantes à baliza russa.

 

 

O Benfica pelo estado de graça que vive tem de ser considerado favorito para este confronto, uma exibição de qualidade na Rússia será a chave para o apuramento, e a segunda mão na Luz se a lógica imperar servirá para carimbar o passaporte para os quartos.

 

Relembro que o jogo da primeira mão não é à hora habitual da Champions, a partida realiza-se às 17 horas na próxima quarta feira.

 

Previsão eliminatória: Zenit 40 % - Benfica 60%

 

publicado por A.S às 18:00
link do post | comentar | favorito

.arquivos

.tags

. todas as tags

.Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

.posts recentes

. A febre da Copa

. Villas-Boas nos Spurs, o ...

. A jornada dos grandes (16...

. As duas faces dos Citizen...

. Craques em destaque: Heun...

. Análise Mundial 2014: Gru...

. Análise Mundial 2014: Gru...

. Análise Mundial 2014: Gru...

. Análise Mundial 2014: Gru...

. Serie A: Quem desafia a J...

blogs SAPO

.subscrever feeds